segunda-feira, fevereiro 22

a verdadeira história do arco íris. ♥

O céu sempre estava cinza. aquelas nuvens eram estranhas, não era uma simples chuva que se formava,
e sim algo permanente, que nunca me deixava ver a verdadeira cor do céu.
era horrível quando eu escutava os barulhos dos trovões, pior ainda era quando os raios caíam sobre mim. aquilo machucava. o mais assustador era quando chovia, a chuva molhava tudo, estragava tudo, acabava com tudo.
eu realmente não sabia o que fazer, eu não conseguia afastar aquilo.
era meu céu particular, e eu invejava todo mundo que tivesse um céu mais bonito que o meu. eu nunca conseguiria ter um céu daqueles sozinha. ficava me perguntando o que eles tinham que eu não tinha.
eu não tive resposta pra isso. então desisti, me contentei com as nuvens cinzas.
foi quando eu menos esperava, numa simples manhã - eu lembro até a data - eu vi, do nada, um raio de sol. um raio bem pequeno... fraco, mas aquilo me deixou feliz.
então eu tentei de todo jeito me manter perto desse raio de sol, o mais próximo que eu conseguisse. óbviamente não queria assustá-lo, pra que ele não fosse embora, então eu fiz tudo com calma. ele devia ter me achado estranha no começo, eu era mesmo, caramba, a nuvem negra havia mesmo me afetado.
é, eu virei amiga de um raio de sol. 
o tempo passava, eu e minha pequena luz estávamos nos acostumando e até gostando da presença um do outro.. era bom estar com ele.
depois que eu descobri que, quanto mais esse raio se sentia bem na minha presença, mais ele ia mostrando seu brilho, ele perdia a vergonha, ele realmente brilhava muito, e aquilo me contagiava.
eu pude sorrir tranquilamente, sem temer mais nada. ele me protegia, me iluminava, assim como era meu melhor amigo, meu confidente. essa luz me mostrava muitas coisas boas, coisas que eu nunca imaginaria ver, coisas que eu nem imaginava que existiam.
esse pequeno raio de sol brilhou tanto, apareceu tanto, que virou literalmente o Sol.
ele me disse pra olhar pra cima, pra ver o céu... eu, com certo medo, olhei.
e foi a coisa mais linda que eu ja ví.
os últimos pingos de chuva estavam caíndo, a nuvem negra nem existia mais,
e um arco irís perfeito, colorido, brilhante, mágico, estava desenhado no céu.

você é meu raio de sol, e o arco íris é nossa amizade.

você me disse que eu podia invadir, e foi isso que eu fiz, espero que não me bata <3 q
menina, eu amo o seu blog, nunca pare de escrever!
por Natalia Cerrao.

3 comentários:

prips disse...

amei o post *-*
aa, olha só, eu e minhas amigas fizemos um blog, ta no inicio ainda, mas da uma olhada acho que t vai gostar :D

http://moofarmville.blogspot.com/

TeXucoO disse...

Liiindaa a amizade *-*

Valentina disse...

eu vi esse texto no mudança de planos, muito lindo *-*